Programação especial celebra os 85 anos de HAOC

Junho é mês de festa no Hospital Augusto de Oliveira Camargo (HAOC). Há 85 anos, mais precisamente no dia 27 de junho de 1933, o casal Augusto de Oliveira Camargo e Leonor de Barros Camargo inauguravam o hospital que trouxe mudanças significativas na qualidade de vida dos indaiatubanos. Oferecendo um serviço médico gratuito, mantendo-se até hoje como um hospital filantrópico e auto-sustentável, o HAOC tem como mantenedora a Fundação Leonor de Barros Camargo, e a missão de atuar no mercado de assistência à saúde, oferecendo produtos e serviços de qualidade, de comprometimento ético e humanizado.

E para comemorar a data, os quase 1 mil funcionários são os convidados para participar no dia 24 de junho, domingo, da primeira caminhada do HAOC, no Parque Ecológico. A concentração acontecerá às 9h na área próxima à Concha Acústica, com aferição de pressão arterial e exame de glicemia, orientação alimentar e nutricional, e aula de alongamento e aquecimento antes de iniciar a caminhada.

O percurso, de aproximadamente 4 km, abrange a partida na área próxima ao estacionamento, seguindo, sentido fluxo de veículos, até a avenida Fábio Ferraz Bicudo, e retorno ao ponto de partida. Também neste dia ocorrerá, no Parque Ecológico, o plantio de uma árvore para simbolizar a data.

Entre outras comemorações internas, ocorrerá no dia 28 uma missa de ação de graças, celebrada pelo Padre Luiz Antônio, a partir das 15h, na Capela do hospital.

As comemorações de 85 anos de HAOC contam o apoio da Prefeitura Municipal de Indaiatuba e patrocínio das empresas Interlife, Disk-Serv, JR Materiais de Construção, DB Diagnóstico, CPS Médica, HAOC Itu Clínica, HAOC Odonto, Secom, Unicred, T7 Imobiliária, Diverlav Corp, Mann Filter, Faculdade Max Planck, Faculdade Anhanguera, Flaneg Embalagens, Corpus Saneamento e Obras, Mineiro Hortifruti e Cato Supermercados.

História

Por volta de 1920 o casal de paulistanos Leonor de Barros Camargo e Augusto de Oliveira Camargo, donos de algumas propriedades no interior de São Paulo, entre elas, uma fazenda de cultivo de café em Indaiatuba, ao constatar a impossibilidade de terem filhos, decidiram que seus bens deveriam ser transformados em obras sociais que fossem desfrutadas por toda comunidade carente.

Muito religiosa, Leonor sensibilizou-se com a precária assistência à saúde a que se submetiam os trabalhadores das fazendas existentes em Indaiatuba e procurou o padre da Matriz Nossa Senhora da Candelária. Ao tomar conhecimento de que não existia qualquer assistência aos mais necessitados, disse: “O senhor vê aquela colina bem na frente da porta de sua igreja? Pois será ali que os doentes serão acolhidos, pois ali serão tratados”.

Com o auxílio e experiência dos profissionais que atuavam no primeiro hospital da capital paulista, a Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, o casal escolheu o arquiteto Ramos de Azevedo, que projetou o Teatro Municipal de São Paulo, para fazer o projeto do hospital.

Entretanto, em 1921, Augusto teve um AVC que o deixou sem andar ou falar, embora continuasse lúcido. Mesmo diante da adversidade, Leonor não desistiu e conseguia se comunicar com o marido.

A construção do hospital começou no final de 1928 e, no dia 1º de junho de 1929 foi lançada a pedra fundamental de uma obra que representava aos munícipes não só uma maravilha arquitetônica, mas também um hospital com estrutura como muitos nunca haviam visto.

Indaiatuba era então um vilarejo com cinco mil habitantes, que possuía, entre suas construções mais grandiosas, a Estação Ferroviária, o Casarão Pau Preto e a Igreja Matriz Nossa Senhora da Candelária. 

Em carinhosa homenagem ao marido, Leonor escolheu o dia 27 de junho de 1933, data em que Augusto completava 82 anos, para a inauguração do hospital. Naquele dia houve missa e coquetel, porém, o que tornou a festa inesquecível foi o momento em que todas as luzes foram acesas, pois juntas gastavam três vezes mais energia do que toda a cidade de Indaiatuba.

Augusto de Oliveira Camargo faleceu no dia 13 de julho de 1937, com 86 anos de idade, e Leonor de Barros Camargo em 6 de junho de 1944, aos 79 anos, passando a administração da Fundação como Mantenedora do Hospital Augusto de Oliveira Camargo, a ser feita por pessoas ligadas por parentesco das famílias, o que vem acontecendo ao longo do tempo por diversas gerações até os dias de hoje.

Desenvolvimento

Em 1997 inicia-se uma nova gestão no HAOC através da superintendência do Sr. Renato Sargo, marido de Regina de Paula Leite Moraes Sargo, sobrinha-bisneta de Leonor e Augusto. Até então o hospital mantinha a mesma estrutura física de sua inauguração, com uma área construída de 9 mil metros quadrados. Hoje conta com 18 mil m², e somará 7.500 m² com o novo prédio que está sendo construído, que abrigará mais de 170 novos leitos de internação.

Além disso, foram anexados ao prédio original os Postos 1 e 2, que contém apartamentos de internação; houve a construção do prédio onde funciona o Centro de Diagnósticos, com serviços de Oncologia, Câmara Hiperbárica, Cardiologia, Endoscopia, Utrassonografia, Farmácia e Hemodiálise; outro local para o Pronto Socorro - cuja gestão é compartilhada com a Secretaria Municipal de Saúde –; Hemodinâmica, Laboratório de Análises Clínicas, Centro Obstétrico, nova cozinha e refeitório, entre diversas outras melhorias implementas para acompanhar o crescimento da cidade e o desenvolvimento médico e tecnológico.

 

Hospital Augusto de Oliveira Camargo

Diretor Superintendente  – Renato Sargo

Diretor Geral – Edmir Deberaldini

Diretor Administrativo – Marco Antonio Barroca

Diretor Técnico – José Carlos Ribeiro da Motta Filho

Diretor Financeiro – Ronaldo José Garcia

 

Fundação Leonor de Barros Camargo

Diretor Presidente – Marcio Gonçalves Moreira

Diretor Superintendente – Renato Sargo

Diretor Financeiro – Fernando Alencar Lara

Diretor Secretário – Flávio Moraes e Silva

Diretor Social – Agostinho de Camargo Moraes Neto

Membros do Conselho de Curadores – Luciano da Silva Carvalho

    Luiz Gonzaga da Silveira Arruda Junior

    Renato Sargo

 

FOTOS:

018: Fachada Histórica – Heloisa Pignatelli/Assessoria de Imprensa HAOC

004: Leonor de Barros Camargo e Augusto de Oliveira Camargo/Arquivo HAOC

010: Imagem aérea da época da inauguração/Arquivo HAOC

DJI0691: Imagem aérea 2017/Eliandro Figueira


Galeria de Imagens:

Corpo Clínico



Haoc Saúde © 2018 Todos os direitos reservados | Política de privacidade